Você está aqui: Página Inicial > Campus > Belo Jardim > Notícias > IFPE promove encontro dos Neabis em Belo Jardim

Notícias

IFPE promove encontro dos Neabis em Belo Jardim

Evento contou com a participação de representantes dos Neabis de cinco campi
por publicado: 04/04/2018 15h32 última modificação: 04/04/2018 15h32

A Coordenação de Políticas Inclusivas da Pró-Reitoria de Extensão (Proext) promoveu, nesta quarta-feira (04), no Miniauditório Campus Belo Jardim, um encontro com representantes dos Núcleos de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (Neabis) do IFPE. Participaram do encontro representantes dos Neabis de cinco campi: Belo jardim, Cabo de Santo Agostinho, Garanhuns, Jaboatão dos Guararapes e Pesqueira.

Segundo a coordenadora de políticas inclusivas do IFPE, Alaíde Cavalcanti, o intuito do evento é unir cada vez mais os núcleos dos diversos campi e fazer um planejamento para ações que serão desenvolvidas ao longo do ano. "Nossa pretensão foi reunir os núcleos para pensarmos coletivamente nas estratégias, de forma que possamos fazer a associação das diversas ações que já estão acontecendo em muitos campi", disse Alaíde.

Durante o encontro, o presidente do Neabi do Campus Belo Jardim, Jandson Ferreira, fez a apresentação do projeto Grupo de Leituras e Conversas Nena Marinho, desenvolvido em parceria com a Secretaria Municipal de Juventude e Trabalho de Belo Jardim, que tem como objetivo discutir produções autorais de escritores negros e demais obras que abordem a temática da identidade negra, nas suas mais diversas áreas e linguagens. "Estamos muito felizes com a participação da comunidade neste projeto. Pessoas que se sentiam inibidas ao falar em público são incentivadas a participarem ativamente do processo de debate, e isso tem gerado experiências maravilhosas", relata Jandson.

 A Coordenação de Políticas inclusivas do IFPE é a responsável por desenvolver ações que promovam respeito à diversidade e às especificidades de cada ser humano, valorizando as diferenças sociais, culturais, físicas e emocionais. Este trabalho é realizado em parceria com o Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Específicas (Napne) e o Núcleo de Gênero e Diversidade (Neged), além do próprio Neabi.