Você está aqui: Página Inicial > Todas as notícias > IFPE celebra nove anos com uma disputa de repentes no Sertão do Pajeú

Notícias

IFPE celebra nove anos com uma disputa de repentes no Sertão do Pajeú

A segunda etapa das comemorações aconteceu durante a programação do Enext, no Campus Afogados
por publicado: 21/12/2017 08h05 última modificação: 26/12/2017 15h35

Nesta quarta-feira (20), o Encontro de Extensão (Enext), que está sendo realizado no Campus Afogados da Ingazeira, abriu espaço na programação para a celebração do aniversário de nove anos do IFPE. A comemoração reuniu gestores, estudantes, servidores e representantes dos municípios do Sertão do Pajeú.

A cerimônia foi conduzida pelos estudantes Silas Honorato e Gabriele Ramos. Gabriele é cega e fez a leitura de todo o roteiro da solenidade em Braille. A mesa foi composta pela reitora Anália Ribeiro, o Pró-Reitor de Ensino, Assis Leão, a Pró-Reitora de Extensão, Ana Patrícia Falcão e o Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-Graduação, Mário Monteiro, além do prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota.

=> Confira as fotos do Enext e da Cerimônia Aniversário de Nove Anos do IFPE

De acordo com a reitora Anália Ribeiro, a comemoração do aniversário do IFPE dentro da programação do Encontro de Extensão  representa como a instituição tem seu olhar voltado para a comunidade. “É significativo que seja assim porque os dois lados representam o IFPE. Não se pode só olhar para dentro e responder perguntas que a sociedade não fez”, defendeu, destacando ainda a perspectiva integral da educação oferecida pelos Institutos Federais.

“Nossa missão é promover Ensino, Pesquisa e Extensão de forma integrada, colocando isso dentro da organização do mundo do trabalho. Mas nossa tarefa não é apenas cognitiva, é também humanística. O Instituto Federal também é um instrumento de garantia de direitos. Por isso, promovemos cultura e prezamos enormemente pela diversidade, pelo respeito às diferenças e o direito das pessoas de serem quem elas são”, enfatizou.

Poetas do Sertão do Pajeú realizaram a tradicional “Mesa de Glosa” - ou disputa de repentes- , tendo como tema o aniversário do IFPE. A cada rodada era dado um subtema diferente e os artistas improvisavam as rimas e versos na hora. Ao final da cerimônia foi realizado o corte do bolo e distribuído a todos os presentes.

A programação ainda contou com a “Mostra de Experiências Exitosas”, em que professores, técnicos-administrativos e gestores compartilharam cases e iniciativas desenvolvidas nas mais diversas áreas da instituição ao longo ano.

HISTÓRICO – O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE) foi criado em 29 de dezembro de 2008, a partir da promulgação da lei nº 11.892/2008, que deu origem aos Institutos Federais em todo o Brasil. O IFPE nasceu da união entre o Cefet-PE e suas unidades descentralizadas mais as escolas agrotécnicas federais. Nos últimos nove anos, foram criados onze novos campi do litoral ao sertão do Estado, totalizando atualmente 16 unidades, além de 18 polos de Educação a Distância.

ENEXT – No segundo dia do Encontro de Extensão, foi dada continuidade às apresentações orais dos projetos e às atividades da Mostra Integrada de Cultura e Arte (MICA) e do Workshop de Estágios e Empregos. No Workshop, os estudantes puderam participar de oficinas sobre elaboração de currículo, legislação do estágio e utilização da plataforma Universia para busca de vagas e oportunidades. Já a Praça das Artes, instalada no Campus Afogados, foi ocupada com peças teatrais, apresentações de danças, shows e exposições.  A programação do segundo dia de Enext foi encerrada com a Noite da Poesia, realizada ao ar livre, na Carreta Literária, com a participação de artistas do Sertão do Pajeú.