Você está aqui: Página Inicial > Todas as notícias > Propesq divulga editais de iniciação científica e tecnológica

Notícias

Propesq divulga editais de iniciação científica e tecnológica

Neste ano, serão concedidas 334 bolsas para estudantes dos cursos técnicos e superiores do IFPE
por publicado: 30/05/2017 15h11 última modificação: 09/06/2017 12h35

A Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação do IFPE divulgou, nesta terça-feira (30), os editais dos Programas de Iniciação Científica e Tecnológica para seleção de projetos a serem desenvolvidos no período 2017-2018. As propostas devem ser submetidas online, até o dia 30 de junho, pelo site pesquisa.ifpe.edu.br. A Propesq também disponibilizou um tutorial com orientações sobre os procedimentos de inscrição pelo sistema eletrônico. 

O primeiro edital (nº 03/2017-errata) é destinado aos estudantes dos cursos técnicos (integrados, subsequentes e Proeja) e inclui dois programas: o PIC-TEC (Programa de Iniciação Científica para cursos técnicos) e o Pibiti-TEC (Programa de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação para cursos técnicos). O valor da bolsa concedida aos estudantes contemplados é de R$ 300 mensais.

Já o segundo edital (nº 04/2017-errata) é voltado para os estudos dos cursos superiores do IFPE. O edital engloba três programs: o Pibic (Programa de Iniciação Científica para cursos superiores), o Pibiti (Programa de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação para cursos superiores) e o Pibic-AF (Programa de Iniciação Científica – Ações Afirmativas, que tem como foco o público que ingressou na instituição pelo sistema de cotas. O valor das bolsas, nesse caso, é de R$ 400 por mês.

Neste edital, serão concedidas 185 para estudantes vinculados aos cursos técnicos e 149 para os cursos superiores, totalizando 334 bolsas de iniciação científica e tecnológica. 

MUDANÇAS – A Propesq informa que foram feitas algumas alterações em relação aos editais dos anos anteriores. Entre elas, a extinção da fase de homologação. As propostas incompletas ou que desrespeitem as normas do edital não serão analisadas. Em relação ao cálculo da média final de cada proposta, não será considerado o coeficiente de rendimento do estudante, apenas o projeto de pesquisa (peso 3), o plano de atividades (peso 5) e o currículo lattes do orientador (peso 2).

A participação do orientador num grupo de pesquisa passou a ser opcional. Além disso, o plano de atividades não deve ultrapassar o limite de quatro páginas (com exceção da capa), contendo intrdoção, objetivos, materiais e métodos, resultados esperado, viabilidade de execução, cronograma de atividades e referências bibliográficas.

Em caso de dúvidas, basta entrar em contato com Propesq pelo e-mail propesq@reitoria.ifpe.edu.br ou pelo telefone 81. 2125.1691

 => Acesse aqui os editais
=> Confira o Manual para a submissão de propostas