Você está aqui: Página Inicial > Campus > Afogados > Notícias > Estudantes do IFPE/Afogados são destaque em Olimpíada Brasileira de Informática

Notícias

Estudantes do IFPE/Afogados são destaque em Olimpíada Brasileira de Informática

Na categoria "Programação Nível 1", dos 7 competidores classificados no estado, 4 foram do IFPE
por publicado: 22/06/2018 10h54 última modificação: 23/06/2018 14h53
Exibir carrossel de imagens Os alunos Raniel, Maria Alice e João André

Os alunos Raniel, Maria Alice e João André

Estudantes do Curso Integrado Técnico em Informática do campus Afogados da Ingazeira foram destaque na primeira fase da XX Olimpíada Brasileira de Informática (OBI). Os alunos Daniel Eufrásio Pereira, Geovana Maria dos Santos, João André Ferreira Leite, Kaline Nunes de Lima, Raniel Anselmo Bonfim, José Anderson Amorim Estevão e Maria Alice Pereira dos Santos obtiveram um excelente resultado na modalidade Programação nas suas respectivas categorias.

Na categoria "Programação Nível 1" (referente aos alunos do primeiro ano), dos 7 competidores classificados no estado de Pernambuco, 4 foram estudantes do IFPE/Afogados da Ingazeira: Daniel, João André, Raniel e Maria Alice, sendo esta a que teve a maior nota do estado na primeira etapa em sua categoria. Todos os sete já realizaram também a 2ª etapa, que aconteceu nesta última quinta (21), e agora esperam o resultado para se prepararem para a terceira e última fase, prevista para agosto deste ano.

Kaline Nunes, do 3º período, revela que nunca tinha participado de uma olimpíada, e aprovou: "Foi algo novo para mim, achei interessante porque mostra novos ares, novas oportunidades de crescer no que você está fazendo". Maria Alice, do 1º período, ficou surpresa com a prova: "Não achei a prova muito fácil, e me surpreendi com o resultado. Nunca imaginei que eu fosse atingir essa nota. Isso abre muitas possibilidades para mim, que no futuro pretendo ser uma programadora".

José Anderson, do 5º período, que já participou do evento no ano passado, inclusive chegando até a fase nacional, repetiu novamente a experiência: "Eu gosto muito dessa olimpíada porque faz você pensar, usar sua criatividade no código que é ensinado aqui no campus. Tenho esperanças de chegar novamente na fase nacional, e quem sabe internacionalmente, e poder também incentivar outros colegas a participarem".

Victor Cavalcanti, um dos professores de Informática do campus Afogados, diz que o engajamento dos alunos em uma competição como a OBI com certeza pode trazer muitos benefícios para a carreira deles, sendo uma grande oportunidade para colocarem os seus conhecimentos em prática e consolidarem o seu aprendizado. "É muito gratificante observar a evolução dos estudantes e os resultados obtidos. A estudante Maria Alice, por exemplo, foi para a 2ª fase com a maior nota do estado na sua categoria, e uma das maiores do país! Isso com apenas alguns meses de imersão no mundo da programação. Resultados como esse engrandecem não somente a ela ou curso, mas sim a comunidade como um todo", ressalta Victor.