Você está aqui: Página Inicial > Campus > Afogados > Notícias > IFPE-Afogados recebe evento de empreendedorismo do Sebrae

Notícias

IFPE-Afogados recebe evento de empreendedorismo do Sebrae

A ação faz parte da Semana do Microempreendedor Individual
por publicado: 17/05/2018 15h34 última modificação: 17/05/2018 16h00

O campus Afogados da Ingazeira recebeu, na manhã desta quinta (17), a palestra "A Era da Inovação, das startup's e do empreendedorismo", conduzida por Flammarion Cysneiros Júnior, consultor credenciado ao Sebrae nas áreas de Inovação, Empreendedorismo, Marketing e Vendas, Gestão do Conhecimento e Tecnologia da Informação. Além da palestra, foi realizada a apresentação do projeto de Robótica pelos alunos da Escola Técnica Estadual (ETE) de Carnaíba (PE). As ações fazem parte da programação da Semana do Microempreendedor Individual (MEI) 2018, promovida pelo Sebrae em diversos municípios do estado. O evento, que aconteceu na Sala de Reuniões, teve a participação ativa dos estudantes do campus.

De acordo com Flammarion, a ideia da palestra é mostrar aos alunos que o mercado de trabalho tem mudado, e novas tecnologias estão substituindo profissões que antigamente eram feitas pelo homem e estão sendo conduzidas agora pela robótica. "Precisamos preparar os empreendedores para empreender e inovar. Entender que, com uma ideia na cabeça, tecnologia na mão como recurso e uma gestão de negócios baseada em inovação constante, empresas geniais têm saído do papel e se aplicado à realidade. Quanto mais inovadora a ideia, mais interessante é o projeto, e isso diz muito sobre os jovens empreendedores que estão sabendo sobreviver no mercado", explica o consultor. Segundo ele, "a grande sacada é que as pessoas que são criativas e sabem ter empatia com os outros vão poder criar novas soluções e empreender nesse novo mercado em expansão".

Cysneiros ainda destacou o papel das instituições de ensino dentro desse cenário: "Essas instituições precisam perceber que são muito mais do que provedoras do conhecimento elementar. O professor tem que não apenas repassar conhecimento, mas estimular os alunos a buscar informações além do espaço escolar. É preciso quebrar o paradigma de que a sala de aula é o único laboratório que eles vão ter, e trazer um pouco mais do mercado de trabalho para dentro dos ambientes de ensino".

Demetrius Alves, do 5º período de Saneamento, foi um dos alunos que participaram da palestra, e ressalta a importância da ação: "Eu nunca tinha visto um evento de empreendedorismo antes, e isso me deu muitas informações interessantes. Por exemplo, foi legal conhecer profissões que vão desaparecer e outras que vão se renovar no futuro por conta das novas tecnologias." A estudante Vitória Rafaela, do 3º de Saneamento, também reforçou essa importância: "Foi apresentado um mundo novo para a gente, porque nós não temos acesso a essas informações tão facilmente. Então vir um palestrante falar sobre isso foi inspirador".