Você está aqui: Página Inicial > Campus > Garanhuns > Notícias > Campus Garanhuns abre trabalhos da 5ª Mostra de Extensão do IFPE

Notícias

Campus Garanhuns abre trabalhos da 5ª Mostra de Extensão do IFPE

Este ano, mostra passou a ser itinerante entre os campi e segue até o dia 9 de agosto
por publicado: 22/06/2017 21h49 última modificação: 22/06/2017 21h51

O IFPE iniciou no dia 20 de junho a quinta edição da Mostra de Extensão. O evento, que este ano passou a ser itinerante pelos campi, teve início no Campus Garanhuns. A solenidade de abertura contou com a presença do representante da Pró-reitoria de Extensão do IFPE, o professor Marcelo Wanderley Dantas, do diretor-geral do Campus Garanhuns, José Carlos de Sá Junior e da chefe em exercício da Divisão de Extensão do campus, Joyce Karoline Guerra.

A mostra contou com palestra sobre redação científica, oficina sobre como apresentação de trabalhos e teve como principal objetivo a apresentação dos resultados parciais dos projetos cadastrados no Edital Pibex nº 01/2016 que estão sendo desenvolvidos pelos orientadores e estudantes dos cursos do Campus Garanhuns.

No campus, cinco projetos foram avaliados: O direito nosso de cada dia; Viagem ao mundo microbiano; Edutec – Soluções Estratégicas na Tecnologia Educacional; Digitalidade - atualização digital e Descobrindo e construindo talentos para computação, coordenados respectivamente pelos docentes Rita Lacerda Jota, Fabíola Dantas, David Alain do Nascimento, Eugênio Saraiva e Marcelo Silva.

Marcelo Wanderley destacou na avaliação a desenvoltura dos estudantes e a complementariedade entre pesquisa e extensão. “Estou bastante satisfeito com a desenvoltura na apresentação dos projetos. E gostaria de deixar registrado que pesquisa e extensão são complementares. Nada impede que projetos que nasceram como extensão virem pesquisa e vice-versa”, explanou

O diretor-geral acompanhou a apresentação dos projetos e ressaltou a importância da extensão para as comunidades contempladas. “A extensão tem uma importância muito grande na vida das comunidades. Com os projetos apresentados nesta mostra é perceptível que projetos simples podem causar grandes impactos na vida das pessoas”.

Já o estudante João Marcelo Duarte do 3º TI, bolsista do projeto Edutec, disse ter ficado bastante feliz com o resultado da apresentação e com as avaliações sobre o projeto que integra. “Ficamos muito felizes porque a gente se preparou para apresentar e viu que está dando certo, viu que as pessoas aprovaram o que tem sido feito e contribuíram com as ideias para o projeto. Sem contar que achamos bem interessante esse tipo de evento porque a gente troca muitas ideias com os bolsistas dos outros projetos”, ressaltou.