Você está aqui: Página Inicial > Campus > Garanhuns > Notícias > Grupo de pesquisa Observatório Elo realiza ações no Campus Garanhuns

Notícias

Grupo de pesquisa Observatório Elo realiza ações no Campus Garanhuns

Ações sistemáticas de fomento à iniciação científica reforçam a indissociabilidade entre Ensino, Pesquisa e Extensão
por publicado: 14/11/2019 14h53 última modificação: 14/11/2019 14h59

O grupo de pesquisa Observatório Elo: núcleo de estudos sobre meio ambiente, sociedade e espaço tem realizado ações sistemáticas de fomento a iniciação científica, integração interinstitucional e intercurricular, a indissociabilidade entre Ensino, Pesquisa e Extensão, bem como, educação e pesquisa nas áreas de Geografia e meio ambiente.

Entre os meses de agosto e setembro de 2019, o grupo ofertou duas palestras em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, cujo tema abordado foi "As estatísticas do IBGE: breve análise sobre trabalho e renda no Brasil", com o chefe da Agência do Instituto em Garanhuns, Gustavo Siqueira. Mais de 50 estudantes dos cursos de Informática (integrado) e de Meio Ambiente (integrado e subsequente) foram beneficiados.

Além desta atividade, foi realizada uma palestra/minicurso sobre sistemas elétricos em aerogeradores, ministrada pelo prof. Gerônimo Alexandre (docente do curso de eletroeletrônica e engenharia), em parceria intercurricular, fomentando, de forma transversal, o estudo dos sistemas geográficos de exploração energética no Brasil. Nesta oportunidade, mais de 60 estudantes de turmas do segundo ano, distribuídos entre os cursos (do integrado) de eletroeletrônica, meio ambiente e informática, foram beneficiados.

Segundo o professor Dr. João Paulo Aragão, professor das disciplinas de Geografia e Desenvolvimento Sustentável e líder do grupo Observatório Elo, as relações entre Ensino e Pesquisa podem galgar aos IF's posição de destaque na formação dos jovens e profissionais brasileiros. “A integração é um caminho fértil para a ampliação da envergadura dos Institutos Federais no sistema educacional brasileiro. Nestas ações buscou-se exercitá-la de várias maneiras, envolvendo instituições, currículos formativos distintos, estudantes de cursos diferentes engajados em temáticas transversais, objetos de estudo comuns ao cotidiano dos estudantes e, claro, a relação cabal entre Ensino e Pesquisa.

Para o estudante e pesquisador do grupo, Gustavo Guilherme, do 3º ano do curso Técnico em Informática integrado ao Ensino Médio, "o Observatório Elo, por meio dessas ações, proporciona um contato maior dos estudantes do próprio grupo de pesquisa com os demais estudantes, incentivando-os a ingressar na pesquisa, além de possibilitar a todos palestras com especialistas no assunto tratado em sala de aula, sendo fundamental para nossa formação. Uma oportunidade diferenciada."