Você está aqui: Página Inicial > Campus > Jaboatão > Notícias > Estudantes são homenageadas no Dia Internacional da Mulher

Notícias

Estudantes são homenageadas no Dia Internacional da Mulher

Encontro foi marcado por reflexões sobre o empoderamento da mulher e o combate ao machismo
por publicado: 08/03/2017 21h43 última modificação: 05/04/2017 09h56

Na tarde (8), em que se comemora o Dia Internacional das Mulheres, o Campus Jaboatão dos Guararapes realizou, através da sua Diretoria de Ensino e da Coordenação de Apoio ao Ensino e ao Estudante, convida estudantes para uma ação de integração e reflexão sobre o empoderamento da mulher e sua capacidade de superar e desmistificar os paradigmas relacionados ao machismo, às limitações impostas para o gênero feminino e aos preconceitos estabelecidos ao longo dos anos.

 O momento de integração contou com uma fala de abertura do Diretor Geral do Campus, Professor Iran Oliveira, que parabenizou as estudantes e refletiu sobre a importância de estimularmos uma educação familiar que combata o machismo e a submissão já no início do processo de formação da criança. A Diretora de Ensino, Professora Andréia Matos, conduziu as atividades e também ressaltou o valor das mulheres para a sociedade e o direito de ser livre nas suas escolhas. Também discursaram as Coordenadoras dos cursos técnicos subsequentes de Informática para Internet, Professora Havana Alves, e Técnico em Qualidade, Professora Djuri Vieira.

 A Psicóloga Anamelia Melo buscou estimular as estudantes a uma reflexão sobre os cuidados com a autoestima. Para a servidora, “é preciso proteger a nossa autoestima para lidar com as relações de trabalho, familiares, pessoais, em qualquer momento, independente das circunstâncias”.

 Além da oferta de coffeebreak, as estudantes também foram simbolicamente homenageadas com um diploma de mulher do ano. Dentre as homenageadas, pode se destacar a estudante Michele Pereira relata a humanização, acessibilidade e preocupação com as melhorias para os estudantes por parte dos servidores do Campus. “Não conseguimos muitas vezes diferenciar entre um gestor, um servidor ou um amigo. Chegamos com uma borboleta em desenvolvimento e vocês nos ajudam a ter uma visão de águia que processa conhecimentos e se expande para o mundo”, revela Pereira.