Você está aqui: Página Inicial > Campus > Olinda > Notícias > Conheça o primeiro curso na modalidade Integrado do Campus Olinda

Notícias

Conheça o primeiro curso na modalidade Integrado do Campus Olinda

Curso técnico em Computação Gráfica será oferecido junto com Ensino Médio
por publicado: 17/10/2022 15h31 última modificação: 17/10/2022 16h10

A partir do primeiro semestre de 2023, o IFPE Olinda passará a oferecer o curso técnico Integrado ao Ensino Médio de Computação Gráfica. Com a oferta, o Campus dá um passo decisivo na promoção de sua missão institucional de promover a educação profissional, científica e tecnológica em todos os seus níveis e modalidades, de forma verticalizada. Nessa modalidade, o estudante terá um percurso de aprendizado que incluirá todas as disciplinas do Ensino Médio e a formação profissional numa área promissora, com mercado de trabalho em franca expansão.

Com 30 vagas, o curso será oferecido no turno da manhã e terá duração de três anos. Seu público são estudantes que concluíram o Ensino Fundamental, ou tem sua conclusão prevista para o final de 2022, com menos de 18 anos. A proposta é formar técnicos em Computação Gráfica capazes de dar apoio nos processos de criação e produção em empresas de diferentes setores da economia criativa. A proposta está alinhada aos objetivos do município de Olinda, que planeja se tornar um polo de empresas desse setor.

Segundo a diretora de Ensino do IFPE Olinda, Swanne Almeida, as aulas terão início às 7h15 e em alguns dias o horário será estendido até às 12h50, o que possibilitará a formação técnica e o Ensino Médio em três anos. "Estamos confiantes que o curso será um sucesso, visto que Computação gráfica é uma área muito atrativa. Hoje tudo envolve tecnologia. O estudante poderá, depois, prosseguir os estudos nas áreas de design e mídias ou mesmo agregar o conhecimento a outras áreas, empreendendo, produzindo conteúdo e se autopromovendo", esclarece. 

Os estudantes percorrerão todas as disciplinas ligadas aos módulos de Linguagens e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Ciências Humanas e Sociais Aplicadas. Ao mesmo tempo, desenvolverão atividades relativas às disciplinas técnicas como tratamento de som, imagem e efeitos especiais, produção textual, criação de roteiro, ilustração e animação, desenho assistido por computador, desenvolvimento de aplicativos e conteúdo para web e maquetes eletrônicas.

O desenho curricular foi construído com base em três núcleos. O Básico, constituído por componentes curriculares da formação básica; o Politécnico ou diversificado, formado por componentes curriculares com ementas e conteúdos que promovem a integração entre os conhecimentos introdutórios e técnicos e, por fim, o Profissional, que prevê a formação técnica profissional por meio de projetos integradores. Todos esses núcleos foram pensados de forma a articular atividades de pesquisa, extensão e inovação. Outra diferencial é a prática formativa que serão desenvolvidas por meio de estágios, atividades orientadas e complementares (consulte a matriz curricular no final deste texto). 

Ao concluir o curso, o técnico dominará ferramentas de modelagem, ilustração, animação e edição de áudio e vídeo, sendo capaz de desenvolver projetos em todas essas áreas. Ele será capaz de compreender e utilizar ferramentas e conceitos do desenho técnico em projetos de design, engenharia e arquitetura; criar roteiros em narrativas escritas e visuais; dominar processos e técnicas de tratamento de imagem; projetar modelos bidimensionais e tridimensionais utilizando ferramentas digitais; criar, produzir e editar vídeos e animações; contribuir em projetos de simuladores digitais; desenvolver interfaces gráficas levando em conta a experiência do usuário; desenvolver páginas da internet e aplicativos; produzir ilustrações digitais 2D/3D (bidimensional e tridimensional) e programar sistemas de web, aplicativos e jogos digitais.

Com essas habilidades, o técnico em Computação Gráfica poderá atuar em agências de propaganda, estúdios de design, empresas de comunicação, escritórios de arquitetura, produtoras de vídeo, de jogos digitais e empresas desenvolvedoras de conteúdo para internet. Por meio do desenvolvimento de uma cultura empreendedora, ele também será estimulado a criar espaços próprios de trabalho para prestação de serviços e assessoria. Suas competências também o tornarão apto a atuar em instituições públicas, ONGs e organizações da sociedade civil.

PROCESSO DE INGRESSO - As inscrições para o processo de ingresso 2023.1 já estão abertas e seguem até o dia 1º de novembro, pelo site ingresso.ifpe.edu.br, onde também está disponível o edital. Além do curso técnico Integrado de Computação Gráfica, também é oferecido o curso superior em Tecnologia de Produção Multimídia, pioneiro no IFPE. Na modalidade Subsequente, voltada para quem possui Ensino Médio completo, são oferecidas 36 vagas para o curso técnico de Computação Gráfica, no período da tarde, e outras 72 vagas para o curso de Artes Visuais, sendo 36 para o turno da manhã e outras 36 para o da tarde.

matriz site.png