Você está aqui: Página Inicial > Campus > Olinda > Notícias > Estudantes apresentam trabalhos em II Mostra de Pesquisa

Notícias

Estudantes apresentam trabalhos em II Mostra de Pesquisa

Investigações na área de Artes Visuais foram desenvolvidas na disciplina Metodologia da Pesquisa
por publicado: 12/01/2021 15h24 última modificação: 12/01/2021 15h53

Durante todo o semestre, estudantes da disciplina Metodologia da Pesquisa, ministrada pelo professor Davison Júnior, mergulharam no universo da investigação. Aprenderam as ferramentas do método científico e colocaram os conhecimentos em prática. Num primeiro momento, apresentaram os projetos na I Mostra de Pesquisas da disciplina, em setembro. A segunda edição do evento aconteceu no dia 6 de janeiro, quando eles mostraram o resultado das investigações.

Arteterapia, escultura, surrealismo no audiovisual, arte indígena, fotografia e bordado foram algumas das áreas onde os estudos foram realizados. “Foi muito positivo para formação deles. Eles puderam não apenas compreender a pesquisa de forma teórica, mas principalmente colocar a mão na massa, desenvolvendo e apresentando a pesquisa. Como iniciantes, puderam vivenciar a prática da pesquisa”, comemora o professor Davison.

Alguns estudantes aproveitaram o contexto do COVID-19 para realizar seus estudos. Pablo Henrique dos Santos pesquisou sobre as consequências da pandemia na produção e expressividade dos artistas visuais do IFPE Olinda. Ele descobriu que o isolamento fez com que alguns estudantes produzissem mais, enquanto outros perderam a vontade de produzir. A escassez de material também afetou as produções. Alguns tiveram que procurar maneiras alternativas para pintar, por exemplo, usando café em vez de tinta e pigamentos tradicionais. Outro trabalho relacionado à pandemia foi o de Camila Melo, que investigou a situação financeira dos artistas.

A estudante Thaís Xavier, que pesquisou sobre o uso de elementos sensoriais e a imersão nas instalações artísticas, enfatiza que a pesquisa acaba envolvendo conhecimento de diversas disciplinas.  “A produção do trabalho foi bastante enriquecedora. Abriu um leque de possibilidades e problemáticas sobre o tema que escolhi: busca por envolver as pessoas nas produções artísticas de forma mais estreita; permitir que o público sinta e experimente a obra a partir de outras sensações, além da visual”, explica. Thaís argumenta que a inclusão é um dos pontos ricos nesse universo de imersão sensorial, pois alcança todas as pessoas com suas limitações, tornando a arte mais inclusiva e participativa.

“Esse estudo também me fez querer produzir algo prático posteriormente, infelizmente não estamos de forma física no Campus ainda, mas seria interessante promover uma experiência multissensorial, uma instalação artística para que todas, todos e todes pudessem interagir”, ressalta.

A segunda edição da Mostra contou com a presença dos professores de Artes Visuais, Analine Santos, Maria Juliana de Sá, Angelo Meyer e Lisa de Lisieux, que incentivaram os estudantes, promovendo reflexões e provocações para o aprofundamento dos trabalhos. Ambos elogiaram a qualidade das produções. Para o professor Davison o grande diferencial da atividade foi o desenvolvimento de produtos. “Os estudantes tiveram que pesquisar e apresentar um produto final”, explica.

Todos os trabalhos podem ser conferidos no Repositório de pesquisas - Disciplina Metodologia da Pesquisa em Artes Visuais