Você está aqui: Página Inicial > Campus > Pesqueira > Notícias > IFPE entrega projeto de instalação de usinas de energia solar à prefeitura de Águas Belas

Notícias

IFPE entrega projeto de instalação de usinas de energia solar à prefeitura de Águas Belas

Três escolas municipais serão contempladas e receberão investimentos tecnológicos.
por publicado: 06/06/2019 18h49 última modificação: 06/06/2019 20h44

O IFPE entregou à prefeitura de Águas Belas, na última quarta-feira (05), projeto de implantação de usinas solares que serão instaladas em três escolas públicas do município: São João Batista, Manoel Francisco e Gerson Albuquerque.

=>Galeria de Fotos.

Participaram da apresentação do projeto o secretário de planejamento e gestão, José Cícero; a secretária de educação, Daniele Delgado; o pró-reitor de pesquisa, pós-graduação e inovação, Mário Monteiro; o diretor geral do IFPE Campus Pesqueira, Valdemir Mariano; o diretor geral do IFPE Campus Garanhuns, José Carlos de Sá; o diretor de pesquisa do Campus Pesqueira, Manoel Henrique; além de professores ligados a rede de educação municipal de Águas Belas.

De acordo com Manoel Henrique, responsável pelo projeto, uma visita técnica foi realizada em 2017 para identificar os locais apropriados para instalação das usinas. Para execução do planejamento serão necessários oito inversores monofásicos e 170 módulos fotovoltaicos de 330 Wp, totalizando um investimento de 215 mil reais, por parte da prefeitura. Essa estimativa é com base no valor de mercado.

Durante o encontro, o IFPE entregou uma série de documentações à prefeitura, entre eles: formulário de solicitação de acesso; memorial descritivo; planta baixa do gerador solar; planta baixa de instalação elétrica do sistema; diagrama unifilar e termo de referência para o processo licitatório.

Para o pró-reitor de pesquisa, pós-graduação e inovação, Mário Monteiro, o acordo de cooperação técnica entre o IFPE e a prefeitura de Águas Belas completa um ano no próximo mês. “O próximo passo é a prefeitura realizar a licitação e comprar os equipamentos. Quando a usina já estiver instalada, vamos realizar capacitações com o corpo docente de cada escola sobre a utilização de energias limpas. Isso vai gerar a curiosidade dos alunos daquelas escolas e de outras que verão na prática com funciona uma usina. Além disso, os professores poderão trabalhar temas correlatos em sala de aula como a preservação ambiental.”, destacou.

Segundo o secretário de planejamento e gestão de Águas Belas, José Cícero, o projeto tem grandes chances de sair do papel, pois, além de trazer benefícios do ponto de vista da educação, irá gerar economia financeira aos cofres públicos no gasto com energia elétrica. “Vamos poder economizar uma média de 50 mil reais por ano. Com esse dinheiro, vamos investir em melhorias das nossas escolas.”, afirmou.