O Programa

por Hugo Ferreira publicado 23/12/2015 16h52, última modificação 26/04/2021 12h26

O Programa de Pós-Graduação em Gestão Ambiental - PPGA possui, como modalidade de formação acadêmica, o Curso de Mestrado Profissional em Gestão Ambiental - MPGA.

Através da premissa do diálogo interno da instituição, o colegiado do Curso de Mestrado Profissional em Gestão Ambiental é formado por 19 (dezenove) docentes, sendo 16 (dezesseis) permanentes e 03 (três) colaboradores, experientes e atuantes na questão ambiental dentro do contexto urbano, agrícola e social, para desenvolver um elo integrador das diversas linhas do pensamento do desenvolvimento sustentável. A construção desta proposta se deu de forma coletiva com a participação de professores e pesquisadores do IFPE, UFRPE, UFPE e EMBRAPA cujo processo permitiu a aproximação dos grupos de pesquisas e a definição dos aspectos relacionados ao funcionamento e condução do curso, de maneira a estabelecer a partilha de responsabilidades e competências de cada um dos professores/pesquisadores.

Área de concentração: Gestão Ambiental e Desenvolvimento Sustentável. 

Linhas de Pesquisa: 

  • Tecnologias e inovações ambientais: busca o desenvolvimento e aperfeiçoamento de tecnologias e inovações como instrumentos de mudança socioambiental. Potencializa a aplicação de produtos, técnicas e metodologias que representam soluções para problemas ambientais de interesse da sociedade e visa capacitar os alunos para lidar com problemas ambientais de forma pró-ativa, através do conhecimento e domínio de ferramentas de gestão e tecnologias voltadas para o meio ambiente, promovendo o desenvolvimento sustentável. Esta mudança deve-se dar em todas as áreas da sociedade que apresentem problemas de caráter coletivo: alimentação, educação, energia, habitação, recursos naturais, saúde e meio ambiente, incentivando nos alunos ideias inovadoras de base tecnológica, voltadas não só para a solução prática, mas também para a prevenção de problemas ambientais oriundos das atividades industriais ou da sociedade, e ainda propondo a adoção de boas práticas com ganhos econômicos e ambientais.
     
  • Gestão para sustentabilidade: aborda a avaliação da influência antrópica na qualidade ambiental e vice-versa; caracterização quantitativa e qualitativa dos sistemas e processos ambientais; análise e representação dos processos socioambientais através de modelos cognitivos e matemáticos; planejamento e desenvolvimento de sistemas de gestão ambiental visando ao desenvolvimento sustentável, e planejamento e implementação de estratégias de conservação dos recursos naturais e da diversidade socioambiental.