Você está aqui: Página Inicial > Campus > Recife > Notícias > Estudante do Campus Recife em ação internacional

Notícias

Estudante do Campus Recife em ação internacional

Aprovado com bolsa, Fábio Papais participa de programa de verão na Universidade de Michigan (EUA)
por publicado: 15/07/2022 10h34 última modificação: 15/07/2022 10h34

O estudante do Campus Recife Fábio Papais, do curso Integrado em Eletrônica, participa, ao longo desta semana, de um programa de verão da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos. Por meio da empreitada, o discente vai ter contato com o universo da Engenharia e a vivência acadêmica na instituição. Mesmo aprovado com bolsa, Fábio contou com apoio institucional para viabilizar o intercâmbio.

O “Summer Engineering Exploration (SEE) Camp” é um programa de verão de curta duração (1 semana) da instituição americana para estudantes do 2º ao 4º ano do Ensino Médio interessados em Engenharia. A ação põe alunas e alunos em contato com disciplinas das diferentes modalidades da área, por meio de seminários, apresentações e visitas às instalações da universidade. Nos Estados Unidos, essas iniciativas são bastante comuns e têm o propósito de incentivar os estudantes de Ensino Médio a conhecerem melhor a universidade em que desejam ingressar e a se habituarem ao processo seletivo.

Fábio conta que, mesmo representando uma experiência de curta duração, nutre a expectativa de ampliar os horizontes, potencializar a oportunidade de conhecer pessoas, outra cultura e sistema educacional. “Além de alargar a visão de mundo, é uma ótima chance de colocar o inglês em prática. No contexto de um estrangeiro em outro país, é uma possibilidade considerável de desenvolver as tão faladas soft skills, importantes habilidades comportamentais e sociais que são, cada vez mais, relevantes no dia a dia e no mundo do trabalho”, comenta. 

Fábio dispôs do suporte do Instituto para realizar o intercâmbio. Como a bolsa que conquistou contemplava estadia e alimentação, o Campus Recife concedeu ajuda de custo para a viagem. Já a Reitoria, através da atuação do Departamento de Relações Internacionais (DRIN), fez a articulação necessária junto ao Consulado Geral dos Estados Unidos. O estudante destaca também a colaboração no processo por parte do professor Meuse Nogueira, seu orientador de Iniciação Científica (PIBIC), que sempre o encorajou a buscar boas oportunidades acadêmicas.

O intercambista expõe seu entusiasmo diante da vivência, uma vez que um de seus principais interesses ao ingressar no IFPE, ele compartilha, era justamente ter alguma experiência no exterior pelo Instituto, por ocasião de uma apresentação de produção acadêmica, realização de algum curso ou participação em competição. “Com seu excelente histórico de formação de estudantes e variedade de atividades extracurriculares para participar, a Instituição vai celebrar a aprovação de muitos outros discentes em programas e cursos como esse. A qualquer pessoa que também tenha interesse em empreitadas assim, recomendo mergulhar em atividades e programas dentro do IF. Se você gosta de Matemática, Português, Programação, Fotografia, etc., muito provavelmente existe um grupo dentro do campus para se aprender novos conteúdos, conhecer novas pessoas e mais oportunidades vão surgir”, estimula.