Você está aqui: Página Inicial > Todas as notícias > IFPE oferta 384 vagas em cursos superiores no SiSU 2018

Notícias

IFPE oferta 384 vagas em cursos superiores no SiSU 2018

Inscrições acontecem de 23 a 26 de janeiro. Oportunidades são para Barreiros, Pesqueira e Recife
por Ascom publicado: 19/01/2018 18h53 última modificação: 20/01/2018 11h25

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE) divulgou, nesta sexta-feira (19), o edital referente ao processo seletivo do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 2018 para os cursos superiores presenciais, com ingresso no segundo semestre.

Ao todo, estão sendo oferecidas 384 vagas em três campi. No Campus Barreiros, na Zona da Mata Sul, são 40 vagas para Licenciatura em Química. No Agreste, o Campus Pesqueira disponibiliza 40 vagas para o curso de Enfermagem e 40 para Engenharia Elétrica.

Já na capital pernambucana, o Campus Recife oferece 264 vagas, distribuídas nos cursos de Análise e Desenvolvimento de Sistemas (34 vagas), Design Gráfico (40 vagas), Engenharia Civil (40 vagas), Gestão Ambiental (40 vagas), Gestão de Turismo (80 vagas) e Radiologia (34 vagas).

As inscrições acontecem de 23 a 26 de janeiro e exclusivamente através do site sisu.mec.gov.br e seguem o horário oficial de Brasília, uma hora mais cedo em comparação à Pernambuco. Podem concorrer às vagas quem fez o Enem 2017 e não zerou a prova de redação. A divulgação da lista de selecionadas e selecionados está prevista para o dia 29 de janeiro e as matrículas poderão ser realizadas no IFPE de 30 de janeiro a 7 de fevereiro. 

Lista de espera - Quem não tiver sido convocado poderá manifestar interesse em aderir a lista de espera, de 29 de janeiro a 7 de fevereiro, para as vagas remanescentes que surgirem no decorrer do processo. O resultado será divulgado a partir do dia 9 de fevereiro.  

Cotas - No IFPE, 50% das vagas estão reservadas para quem estudou na rede pública de ensino. Dentre os egressos da escola pública, há ainda subcotas para quem tem renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo, para negros, pardos, indígenas e pessoas com deficiência.

>> Confira os documentos abaixo: