Você está aqui: Página Inicial > Todas as notícias > IFPE promove atividades de acolhimento para pais dos "feras"

Notícias

IFPE promove atividades de acolhimento para pais dos "feras"

Familiares que esperavam o término das provas do lado de fora dos prédios foram acolhidos pela equipe multidisciplinar e participaram de uma aula de ginástica ao ar livre
publicado: 29/11/2015 16h13 última modificação: 11/03/2016 13h49

Para aliviar a ansiedade dos pais e familiares que aguardavam do lado de fora dos prédios o término das provas do Vestibular 2016, a equipe do IFPE promoveu uma série de atividades de acolhimento. O local escolhido foi a Praça Tertuliano Feitosa, no bairro do Hipódromo, zona norte do Recife, onde fica a escola estadual Clóvis Beviláqua, que recebeu, neste domingo (29), cerca de 500 candidatos às vagas dos cursos técnicos na modalidade integrado.

 

Profissionais das áreas de psicologia, serviço social e educação física fizeram uma breve explanação sobre as oportunidades e serviços oferecidos pela Instituição e, em seguida, convocaram todos a participar de uma aula de ginástica ao ar livre, ministrada pela professora Dayse França. “É um momento de descontração para aliviar a tensão da espera. A ginástica ajuda no relaxamento corporal”, afirmou a docente.

A senhora Marsária dos Santos estava esperando a neta de 14 anos terminar o exame e aproveitou para se exercitar. “Minha neta vai fazer para Eletrônica e estou aqui torcendo para que dê certo. Achei muito boa essa ideia de fazer uma aula de ginástica para a gente que fica do lado de fora esperando”, disse.

Já a costureira Eliete Martins aguardava a filha que tenta uma vaga no curso técnico em Química. Como ela mora no Ibura, preferiu esperar até o término da prova para evitar um novo deslocamento. “Quero muito que ela passe. Minha outra filha já se formou em Segurança do Trabalho no IFPE também e sei que o ensino é muito bom”, contou.Este foi o segundo ano em que o Instituto promoveu atividades de acolhimento em um dos locais de prova do Vestibular. A ideia é ampliar o número de localidades que recebem esse tipo de iniciativa nos próximos processos seletivos.

registrado em: ,