Você está aqui: Página Inicial > Todas as notícias > Latino-americanos/as podem concorrer a bolsas para "Summer Student Programme” em Genebra

Notícias

Latino-americanos/as podem concorrer a bolsas para "Summer Student Programme” em Genebra

Oportunidade é para discentes de bacharelado ou mestrado nas áreas de física, engenharia, ciências da computação ou matemática. Inscrições seguem até 30/01
por publicado: 19/12/2022 10h59 última modificação: 19/12/2022 10h59

Estão abertas, até 30 de janeiro de 2023, as inscrições para latino-americanos/as que queiram se submeter a uma bolsa de estudos para participar do "Summer Student Programme” da Organização Europeia de Pesquisa Nuclear (CERN). A iniciativa é voltada para estudantes de bacharelado ou mestrado nas áreas de física, engenharia, ciências da computação ou matemática e é patrocinada pela Organização Internacional Ítalo-Latinoamericana (IILA).

A bolsa a ser concedida terá o valor aproximado de 7 mil euros e prevê:

  • pagamento de ajuda de custo de 90 francos suíços líquidos por dia, para cobrir os custos de acomodação e alimentação na área de Genebra, para uma única pessoa, durante toda a duração do Programa;
  • seguro-saúde;
  • 200 francos suíços para custear a passagem do/a bolsista.

Para concorrer, é preciso ter completado, até o verão europeu de 2023, pelo menos três anos de estudos de nível universitário; possuir bom conhecimento da língua inglesa (conhecimento da língua francesa é considerado uma vantagem); não ter trabalhado na CERN por mais de três meses, nem ter participado de edições anteriores do Programa. 

No ato da inscrição, é necessário anexar currículo, cópia de histórico escolar recente e duas cartas de recomendação de docentes ou de supervisores de estágios anteriores.

Será ofertado aos/às estudantes selecionados/as um contrato de associação de 8 a 13 semanas para trabalhar em projeto técnico avançado, programa de palestras de física e de tecnologia da informação e assistência para encontrar acomodação.

Mais informações estão disponíveis na página do CERN.