Você está aqui: Página Inicial > Todas as notícias > Nota Oficial | Comemorando os treze anos do IFPE, lutamos pela sua integridade

Notícias

Nota Oficial | Comemorando os treze anos do IFPE, lutamos pela sua integridade

Requerimento assinado por 16 parlamentares solicita a retirada de Pernambuco do projeto de reordenamento da Rede Federal
por publicado: 29/12/2021 08h05 última modificação: 29/12/2021 12h47

No dia em que celebramos os 13 anos da criação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE), prezando pela transparência e pela gestão democrática, tornamos públicas as últimas iniciativas realizadas em prol da preservação da integridade do Instituto diante da ameaça de desmembramento. Desde que veio à tona a possibilidade de não atendimento à decisão da comunidade acadêmica, expressa pela consulta pública realizada em setembro, ratificada pelo Conselho Superior e comunicada ao Ministério da Educação (MEC), por meio de ofício enviado naquele mesmo mês, foram empreendidos esforços de maneira sistemática para garantir o respeito ao posicionamento do IFPE de não fazer parte do projeto de reordenamento da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica. 

Nas últimas semanas, 15 deputados federais e 1 senador — ou seja, a maioria dos parlamentares pernambucanos no Congresso Nacional — assinaram um requerimento solicitando a retirada de Pernambuco do projeto de reordenamento da Rede Federal elaborado pelo MEC. É importante ressaltarmos que não foi possível contar com mais assinaturas da bancada pernambucana devido ao calendário de fim de ano e à incompatibilidade de agendas e que todos e todas que puderam nos receber assinaram o requerimento, no qual constam seis razões pelas quais o nosso estado não deve estar inserido nesse reordenamento. 

Na sequência, foi enviado um novo ofício ao MEC, expondo a nossa preocupação diante da possibilidade de inclusão de Pernambuco no reordenamento e a incompatibilidade entre as justificativas apresentadas no projeto e a realidade da Rede Federal no estado. Assim, oficializamos o pedido de retirada do IFPE do projeto em questão. No dia 20 de dezembro, junto com o ofício, encaminhamos ao ministério o mencionado requerimento digitalizado e a nota oficial assinada por 14 Diretores/as-Gerais de campi, o Diretor da Educação a Distância e o Reitor.

A partir do dia 23 de dezembro, os parlamentares entraram em recesso e voltam às suas atividades em fevereiro de 2022. Com a retomada do trabalho, voltam também as nossas iniciativas de articulação em prol da integridade do IFPE. A luta continua no novo ano, mais consolidada e ainda mais urgente, com todos os esforços possíveis para o respeito à decisão da comunidade.

Nesse sentido, gostaríamos de exaltar o trabalho dos/as Diretores/as-Gerais de 14 campi, do Diretor da Educação a Distância e de todas e todos que vêm atuando coletiva e individualmente pela integridade do IFPE. Seja de maneira direta, no Movimento Divisão Não, ou em outras frentes, o trabalho de cada um e de cada uma tem sido fundamental para o nosso Instituto: a força da nossa comunidade é o combustível para vencermos mais essa batalha. Nesses treze anos, temos lutado a luta justa, e nesta certeza, seguimos.